Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

CÂMBIO: Dólar Comercial R$ 5,55 / Euro R$ 6,45

setembro 28, 2020

© Divulgação

Major Olímpio e Doria quase trocam socos em evento em São Paulo (SP)


O senador Major Olímpio e o governador João Doria se desentenderam aos berros em evento na manhã de segunda (16/03), em São Paulo.

O episódio ocorreu durante visita do governador ao Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope). Após a troca de gritos e insultos, senador foi expulso pela segurança do governador para fora do local.

À reportagem, o senador afirmou que foi ao local para se manifestar em apoio aos policiais. “Não fui convidado. Respeitei, fiquei na calçada com a minha caixa de som. Fazendo fala e cobrando a falta de compromisso, a covardia, do governador com a polícia de SP”, diz ele, que critica o aumento de 5% dado por Doria aos policiais.

“Na hora que ele [Doria] chegou, ficamos entre o carro e a entrada. Comecei a falar com ele, ele começou a se exaltar e a gritar comigo. E eu, a gritar com ele. Logicamente a segurança me tirou para fora, me forçaram a sair e acabou”, segue. “Entendo o papel da segurança dele. São policiais que estão na missão, tinham mais que me rechaçar mesmo.”

“Eu quero que ele [Doria] se dane. Vai ter que respeitar a polícia de SP. Se não, em qualquer evento que eu puder, estarei lá protestando. Não me intimido com ele”, diz Olímpio. “Fiquei 29 anos no serviço ativo da policia separando briga de vizinho e tal. Insultos, palavrões, nada disso me intimida.”

Por meio de nota, o governo paulista afirma que o governador João Doria “está preocupado com a saúde dos brasileiros de São Paulo. Major Olímpio deveria honrar o seu mandato e fazer o mesmo”.

“Não é hora de fazer proselitismo político eleitoral. É um desrespeito ao povo de São Paulo um senador da República que vira as costas para o grave tema da saúde pública. E quer fazer campanha política, ideológica e sindical na hora errada”.

As informações são do Folhapress.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais posts de Política

E-mail: Jornal Liberdade,