Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

dezembro 15, 2019

© Reprodução

Gestores têm até o dia 15 para acabar com 37 mil casos de acúmulo ilegal de cargos


Termina no próximo dia 15 o novo prazo dado pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado) do Maranhão para que gestores estaduais e municipais informem à corte que providências foram tomadas contra os casos de acúmulo ilegal de cargos públicos nas respectivas administrações.

O prazo inicial, mostrou o ATUAL7, era até o dia 14 de julho último, mas o tribunal decidiu pela prorrogação por mais um mês, atendendo pleito da Famem (Federação dos Municípios do Estado do Maranhão).

Segundo o Cesma (Censo Eletrônico dos Servidores do Estado) mais recente, existem cerca de 37 mil casos de acúmulo ilegal de cargos públicos no Maranhão. A maioria, diz o TCE-MA, envolve profissionais da educação e da saúde. 

Diante desse quadro, os gestores foram chamados pela corte de contas para que justifiquem quais providências estão tomando sobre cada caso de acúmulo de vínculos detectado pelo levantamento.

Com informações do Atual7.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais posts de Política

E-mail: Jornal Liberdade,