Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

maio 22, 2019

© Facebook/Fábio Macedo

Deputado estadual do Maranhão Fábio Macedo é detido acusado de agressão em Teresina


Na madrugada de sábado (09/3), o deputado estadual do Maranhão, Fábio Macedo (PDT), foi detido e encaminhado para a Central de Flagrantes de Teresina após ser acusado de agredir um músico da banda Léo Cachorrão em uma casa de shows na zona Leste da capital.

O seu cartão de negócios

BUSINESS CARD

O seu cartão de negócios

De acordo com informações de populares, o parlamentar teria se envolvido em uma discussão em uma casa de shows localizada na Avenida Nossa Senhora de Fátima. O deputado então foi retirado do local e a Polícia Militar foi acionada, mas ele teria reagido à ação policial e precisou ser algemado pelos agentes para ser contido.

Em um áudio divulgado nas redes sociais o deputado aparece alterado e discutindo com os policiais militares. “Eu sou deputado estadual. Reeleito. Eu não fiz nada, vocês que me prenderam. Eu nem trisquei nele”, disse.

O parlamentar ainda fez ameaças a um dos policiais que atenderam a ocorrência. “Depois eu te pego. Eu sou deputado, sou mais do que tu. Eu vou mandar te matar, vagabundo. Vou te pegar. Eu te mato. Eu sou Fábio Macedo”, relatou no áudio.

O músico que teria sido agredido pelo deputado compareceu na Central de Flagrantes e prestou depoimento. De acordo com ele, o deputado teria se irritado com o cantor que se apresentava na casa de shows, que teria permitido a ele cantar uma música, mas não teria permitido ao deputado cantar uma segunda vez. Na ocasião, o deputado teria arremessado um copo que atingiu a parte frontal da cabeça do músico, que necessitou de atendimento médico e foi encaminhado até o Hospital do Buenos Aires.

Após discutir com os policiais, Fábio Macedo foi encaminhado para a Central e prestou depoimento, onde teria sido liberado logo depois.

Com informações do Viagora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais posts de Política

E-mail: Jornal Liberdade,