© Reuters

Aliados de Tarcísio de Freitas dizem que Skaf é plano B ao Senado se Datena desistir


Aliados de Tarcísio de Freitas (Republicanos) na briga pelo governo paulista dizem que o correligionário Paulo Skaf pode ser acionado para disputar o Senado caso a candidatura de José Luiz Datena (PSC) não prospere.

Embora apoiado por Bolsonaro, o apresentador enfrenta resistências de apoiadores do ex-ministro e pode desistir.

Na semana passada, menos de sete dias depois de ser anunciado candidato ao Senado na chapa de Tarcísio por Bolsonaro (PL), Datena falou sobre as dificuldades que têm enfrentado.

“Já é difícil disputar uma eleição contra inimigos. Agora, contra fogo amigo também, não dá”, diz ele.

“Desse jeito, a política vai desistir de mim mais uma vez”, afirmou à coluna Mônica Bergamo.

Lideranças do Republicanos, a legenda que abriga Tarcísio, ainda torcem o nariz para a candidatura do apresentador, que já vinha sendo atacado por seguidores do presidente também nas redes sociais.

As informações são do Folhapress