Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

outubro 22, 2019

© Reprodução

Vigilante é preso acusado de matar morador de rua em Parnaíba (PI)


O policiais da Delegacia de combate ao Homicídio, Tráfico de Drogas e Latrocínio de Parnaíba – DHTL – prenderam na segunda-feira (04/2) um vigilante identificado como Marcos Antônio Aguiar Galeno, acusado de assassinar o morador de rua Samuel Moura Silva, no último dia 14 de dezembro de 2018, na cidade de Parnaíba.

 

De acordo com o delegado Eduardo Aquino, logo após o crime os policiais iniciaram a coleta de dados e através de câmeras de segurança conseguiram identificar Marco Antônio que, na companhia de outros dois homens, Carlos Antônio Mendes Pereira e Leonardo José do Nascimento Ferreira, efetuou os disparos que mataram Samuel.

Conforme o delegado, o crime se deu em decorrência de uma rixa entre Marcos Antônio e a vítima. “Ele já teria uma rixa com a vítima, decorrente do fato deste já haver agredido o pai de Marcos, também vigilante. Na noite do dia 14 de dezembro houve mais um desentendimento entre os dois. Na ocasião, segundo as investigações, Samuel foi colocado para fora do estabelecimento por Marcos Antônio e depois retornou ao local, em revanche, com pedras para arremessar em Marcos Antônio, que correu do local”, explicou.

No entanto, o acusado resolveu ir atrás de outras duas pessoas e juntos passaram a procurar pela vítima, que foi encontrada próxima a uma empresa de coleta de lixo. Marcos desceu da garupa da moto, que era conduzida por Carlos Antônio e atirou contra Samuel, enquanto Leonardo José deu suporte em outra motocicleta.

Logo após o crime, os três suspeitos fugiram. Com as prisões, o delegado Eduardo Aquino vai finalizar o inquérito e enviá-lo ao Ministério Público, que deve denunciar os três envolvidos por homicídio.

Da redação. Com informações do GP1 / Portal Boca do Povo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais posts de Polícia

E-mail: Jornal Liberdade,