Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

Câmbio: Dólar R$ 4,00 / Euro R$ 4,44

agosto 18, 2019

© Reprodução

Ex-funcionário do Banco do Brasil é preso por estuprar as filhas em Piracuruca (PI)


A Operação Indignus declarada na manhã de sexta-feira (10/05) prendeu suspeitos de estupro no Piauí. Ao todo, são 11 mandados em aberto e até o momento, oito pessoas foram presas. A Divisão de Capturas da Polícia Civil é a responsável pela operação.

Segundo a Polícia Civil, a maioria dos suspeitos presos é acusada de estuprar alguém da própria família, como é o caso de um ex-funcionário do Banco do Brasil, que foi preso por cometer o crime contra as duas filhas.

“Nós temos outro caso também bastante forte que foi um ex-funcionário do Banco do Brasil, hoje aposentado, que estuprou as duas filhas e está preso. Todos os casos são casos gravíssimos, casos sérios”, explicou o delegado Willame Morais, chefe da Divisão de Capturas.

O nome da operação vem do latim e significa desmerecedor. Foi escolhido porque o estupro é um crime que atinge a dignidade da pessoa e por estar no mês das mães.

“O estupro ele afeta a dignidade da mulher, a liberdade sexual da mulher, atinge a liberdade de escolha da mulher e Indignus que é em latim o nome da operação é desmerecedor, uma pessoa que não merece qualquer tipo de perdão e em razão disso nós colocamos esse nome na operação e também para tirar de circulação aquelas pessoas que atingiram de forma mais violenta, mais forte a própria mulher embora o crime de estupro hoje não seja apenas de mulheres, podem ser vítimas tanto homem quanto mulheres”, explicou o delegado Willame.

Com informações o G1-PI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais posts de Polícia

E-mail: Jornal Liberdade,