Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

CÂMBIO: Dólar Comercial R$ 5,55 / Euro R$ 6,45

setembro 28, 2020

© DR

Três novos casos do coronavírus na Alemanha


Há três novos casos do novo coranavírus na Alemanha e todos trabalham na mesma empresa que o primeiro paciente diagnosticado em Starnberg, na noite de segunda-feira, informam os meios locais.

As autoridades de saúde do Estado da Baviera revelaram que o doente alemão, diagnosticado ontem, foi o primeiro europeu infectado pelo vírus sem ter estado na China.

O homem tem 33 anos e trabalha para um fornecedor de automóveis, tendo sido infectado em janeiro por uma colega que foi da China para a Alemanha para fazer uma formação durante alguns dias. 

A funcionária chinesa esteve entre 19 e 22 de janeiro na Alemanha e, ao regressar ao seu país, “sentiu-se mal”, contou o diretor do Serviço de Saúde da Baviera, Andreas Zapf.

A mulher foi, de imediato, diagnosticada como caso positivo de coronavírus e um dos funcionários da empresa da Baviera que havia participado na formação, apresentou também sintomas de gripe, acabando por ser confirmado como caso positivo.

Já nesta terça-feira, outros três funcionários da mesma empresa de automóveis foram diagnosticados com o ‘2019-nCoV’.

De acordo com o jornal alemão Deutsche Welle, pelo menos 40 funcionários da empresa participaram na mesma formação que a mulher chinesa, ou seja, a possibilidade de o número de infectados aumentar é muito grande.

Assim sendo, até agora na União Europeia há oito casos diagnosticados, quatro na Alemanha e quatro na França.

A China elevou para 106 mortos e mais de 4.000 infectados o balanço do novo coronavírus detectado no final do ano em Wuhan, capital da província de Hubei (centro).

As autoridades de Pequim confirmaram também a primeira morte na capital chinesa de uma pessoa infectada pelo novo coronavírus (2019-nCoV), um homem de 50 anos que esteve na cidade de Wuhan, em 8 de janeiro.

Além do território continental da China, também foram reportados casos de infecção em Macau, Hong Kong, Taiwan, Tailândia, Japão, Coreia do Sul, Estados Unidos, Singapura, Vietnã, Nepal, Malásia, França, Alemanha, Austrália e Canadá.

As autoridades chinesas admitiram que a capacidade de propagação do vírus se reforçou.

As pessoas infectadas podem transmitir a doença durante o período de incubação, que demora entre um dia e duas semanas, sem que o vírus seja detectado.

As informações são do Notícias ao Minuto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais posts de Mundo

E-mail: Jornal Liberdade,