Kirill Kudryavtsev/ AFP

Russos perdem acesso à Netflix por conflito na Ucrânia


Os assinantes russos perderam o acesso à plataforma de streaming Netflix, o caso mais recente de uma empresa ocidental a deixar a Rússia devido ao conflito na Ucrânia.

O site da Netflix não está disponível no país desde sexta-feira (28), e um porta-voz da empresa confirmou que os assinantes não têm mais acesso ao serviço.

“Este é o ponto culminante da retirada do mercado russo” anunciada em março, disse o porta-voz à agência de notícias France Presse.

A gigante americana havia anunciado no início de março a saída da Rússia, depois que o país enviou tropas à Ucrânia, em 24 de fevereiro.

O porta-voz explicou que a empresa aguardou até o fim do período de faturamento para efetivar o encerramento do serviço aos seus clientes.

A Netflix é líder mundial das plataformas de streaming, com 221,8 milhões de assinantes no final de 2021, mas sua presença na Rússia era pequena.

A empresa afirmou em abril, em uma carta aos acionistas, que perderá quase 700.000 assinantes após sua retirada da Rússia, atribuindo a circunstância à primeira queda global de assinantes da empresa em uma década.

As informações são da  France Presse