© Maxym Marusenko/NurPhoto via Getty Images

Rússia e Ucrânia realizam nova troca de corpos, incluindo os de defensores da siderúrgica de Azovstal


A Ucrânia anunciou nesta quarta-feira (8) nova troca de corpos de soldados russos e ucranianos, incluindo os de combatentes que se refugiaram na siderúrgica de Azovstal, na cidade de Mariupol.

“Nos entregaram 50 heróis mortos”, informou o ministério da Reintegração da Ucrânia. Segundo a pasta, a troca aconteceu na região de Zaporizhzhia, no sul da Ucrânia, sob a “regra de 50 por 50”.

Mais de 2.000 militares passaram semanas escondidos na siderúrgica de Azovstal, incluindo integrantes do Batalhão Azov, a milícia neonazista parcialmente incorporada à Guarda Nacional de Kiev. O local foi tomado por Moscou no mês passado. Centenas de soldados da Ucrânia ali abrigados foram retirados e detidos pelos russos.

À época, o governo russo anunciou ter encontrado dezenas de corpos de combatentes em uma van refrigerada durante as operações de busca no complexo industrial.

A primeira troca de corpos entre Moscou e Kiev aconteceu na semana passada. Atualmente cerca de 2.500 combatentes ucranianos estão detidos pelos russos.

As informações são do Folhapress