© Getty Image

Rússia deverá obrigar prisioneiros de guerra a desfilar no Dia da Vitória


O principal conselheiro do ministro do Interior da Ucrânia compartilhou, esta quinta-feira (5), um vídeo que teria sido gravado de prisioneiros ucranianos na Rússia.

As imagens teriam sido captadas na aldeia de Bezymianny, onde estão ucranianos que foram levados de Mariupol. De acordo com Anton Gerashchenko, alguns os homens que estão neste “campo de filtração”  serão obrigados a participar no desfile do Dia da Vitória como prisioneiros de guerra, e vestidos com uniformes da Ucrânia.

Rússia deverá obrigar prisioneiros de guerra a desfilar no Dia da Vitória

As imagens mostram as condições em que centenas de ucranianos estão detidos. “No chão, na desorganização e na sujeira”, explica o homem que está gravando.

Este homem, cuja identidade é desconhecida, explica ainda que em certos lugares, nos quais estão “os feridos e as pessoas com necessidades especiais”, o cheiro é “pior do que nos banheiros”.

Na escola utilizada para supostamente manter os ucranianos presos, há “um lavatório para 350 pessoas, ou talvez mais”.

Conta ainda que, apesar de agora estarem nas salas de aula, recentemente dormiam no chão dos corredores. “Ontem, uma pessoa com tuberculose foi retirada daqui [de uma zona que mostra nas imagens]. Agora, as pessoas que aqui estavam foram retiradas de lá e trancadas noutro lugar para permanecerem em isolamento”, contou.

As informações são do Notícias ao minuto