© Maxym Marusenko/NurPhoto via Getty Images

Número de mortes civis na Ucrânia pode ser “muito maior”, diz a ONU


Milhares de civis foram mortos na Ucrânia desde o início da guerra e os números são maiores do que se estima atualmente, segundo a chefe da missão de monitoramento de direitos humanos da ONU no país. Numa coletiva de imprensa na manhã esta terça-feira Matilda Bogner, informou que o número de pessoas mortas é muito maior que o número dado até agora de 3.381 mortos.

“Estamos trabalhando em estimativas, mas tudo o que posso dizer por enquanto é que são milhares mais altos do que os números que demos atualmente“, disse a representante em Genebra.

“O grande buraco negro é realmente Mariupol, onde tem sido difícil para nós acessar totalmente e obter informações totalmente confirmadas”, acrescentou.

Além do elevado número de mortos, a ofensiva militar que se iniciou no dia 24 de fevereiro, causou a fuga de mais de 13 milhões de pessoas, das quais mais de 5,5 milhões para fora do país, de acordo com os mais recentes dados da ONU.

As informações são do Notícias ao minuto