Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

julho 31, 2021

© Facebook / Jason Kelk

Morre homem que mais tempo esteve internado com Covid


Morreu o homem que mais tempo esteve internado com Covid-19 no Reino Unido. De acordo com a Sky News, Jason Kelk, de 49 anos, decidiu interromper o tratamento depois de 14 meses de luta, em que esteve internado na unidade de Cuidados Intensivos do Hospital St. James, em Leeds.

A notícia foi dada pela mulher aos jornalistas. Apesar desta ter implorado para ele não desistir, Jason admitiu estar cansado de lutar, algo que Sue considera ter sido “uma decisão muito corajosa”.

A partir daí seguiram-se as despedidas e as visitas dos netos, sobrinhos, chefe e alguns amigos próximos.

Já esta sexta-feira, os médicos retiraram o ventilador e Jason morreu em menos de 90 minutos, rodeado da família.

“Ele partiu com a mãe a segurar uma mão, o pai a outra. A irmã também estava lá e eu. Foi em paz”, contou Sue, acrescentando que, já na despedida, disse ao marido, que ele podia partir em paz.

“Lutaste até ao fim, não precisas lutar mais… estamos aqui, nós te amamos”, teria dito Sue, antes de Jason partir.

Posteriormente, Sue ficou uma hora com o marido. “Fiquei só eu e o Jason. Ele era a minha alma gêmea. Éramos os lados opostos da mesma moeda, diferentes, mas unidos”, explicou a mulher, emocionada.

Lembrando que Jason ficou infetado em março de 2020. Pouco depois foi internado e assim permaneceu até hoje. No final de abril, o britânico ainda teve alta, mas o seu estado de saúde acabou por piorar e foi obrigado a regressar ao hospital no início de maio.

Se sobrevivesse, Jason necessitaria de ventilador e de cuidados 24 horas por dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mais posts de Mundo

E-mail: Jornal Liberdade,