Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

março 7, 2021

© DR

Menina de 7 anos e mais 12 pessoas morrem em tiroteios em Chicago


Chicago voltou a ser palco de um fim de semana marcado pela violência e  pela tragédia. No fim de semana em que se celebrou o 4 de Julho, o Dia da Independência, vários tiroteios provocaram a morte a 13 pessoas, incluindo uma menina de sete anos de idade, na cidade do Estado do Illinois, de acordo com a Associated Press.

A menina de sete anos foi morta quando estava em frente à casa da avó, onde decorria uma festa do 4 de Julho, no bairro de Austin. Suspeitos saíram de um carro e começaram a disparar. A menina foi a única vítima mortal. Um homem de 32 anos ficou ferido mas encontra-se em condição estável.

A polícia não efetuou qualquer detenção.

A ‘mayor’ de Chicago, Lori Lightfoot reagiu via Twitter.

“Esta noite (sábado), uma menina de sete anos de Austin juntou-se à lista de adolescentes e crianças cujos sonhos e esperanças foram terminados pelo cano de uma arma. Como cidade, temos de envolver a juventude nos nossos braços para que percebam que há um futuro para eles que não está envolvido em violência com armas”, escreveu a prefeita.

 

Um outro tiroteio aconteceu pouco antes da meia-noite de sábado no bairro de Englewood. Quatro homens abriram fogo num local onde estava um grande aglomerado de pessoas. Quatro pessoas morreram, incluindo um adolescente de 14 anos. Outras quatro pessoas ficaram feridas, três das quais com gravidade.

O porta-voz da polícia, Tom Ahern, disse que os atiradores fugiram do local do crime. As autoridades ainda não prenderam nenhum dos suspeitos.

O Chicago Sun-Times adianta que sete das 59 pessoas que ficaram feridas após os tiroteios deste fim de semana são adolescentes.

As informações são do Agência Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mais posts de Mundo

E-mail: Jornal Liberdade,