© Getty Images

Mãe é acusada de matar filho de 10 anos encontrado numa mala


Anúncios

A mãe de uma criança encontrada morta dentro de uma mala de viagem perto de Paris, França, na última quinta-feira, foi acusada de homicídio. A mulher, de 33 anos, foi detida na sexta-feira e durante os dias em que esteve presa “não explicou os fatos, [nem] os esclareceu” e mostrou-se “evasiva” quando aos seus atos depois da morte do filho.

Segundo a procuradora da comuna de Meaux, Laureline Peyrefitte, citada em comunicado pela imprensa francesa, as autoridades encontraram “indícios graves e coincidentes com o assassinato do filho”, que teroa ocorrido na manhã de quarta-feira.

Após o crime, a mãe “teria transportado o menino numa mala que pertencia aos pais para o depositar numa lixeira, antes de voltar, limpar a casa e colocar no lixo em uma série de objetos que teria utilizado na limpeza”.

O alerta foi dado pelo pai da criança, que, ao não encontrar ninguém em casa quando chegou na noite de quarta-feira, deu a mulher e o filho como desaparecidos. As buscas começaram após terem sido encontradas manchas de sangue.

O corpo do menino acabou sendo encontrado no dia seguinte, dentro de uma mala de viagem a cerca de cem metros da casa da família. Segundo a autópsia, morreu com várias facadas no pescoço e na zona abdominal.

A mãe da criança foi detida a cerca de 30 quilômetros do local do crime, escondida na casa de uma irmã. Tinha na sua posse uma faca ensanguentada, que as autoridades acreditam ser a arma do crime.

As informações são do Notícias ao minuto