Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

CÂMBIO: Dólar Comercial R$ 5,55 / Euro R$ 6,45

setembro 29, 2020

Reprodução Twitter

Vídeo: PM agride mulher grávida de 5 meses por filmar abordagem


Imagens que circulam nas redes sociais nesta terça-feira mostram um PM agredindo uma mulher grávida. Ela está deitada no chão, gritando, e o policial a imobiliza com o joelho pressionando sua barriga. A mulher pede para ser solta, diz que está grávida e que não vai fugir, mas é agredida no rosto como resposta.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública do Estado disse que a mulher resistiu a prisão durante uma ocorrência de tráfico de drogas. O comando do 17º Batalhão da PM no interior, segundo a pasta, determinou o imediato afastamento do policial flagrado no que foi classificado como “desvio de conduta”. A secretaria disse que a mulher foi encaminhada para exames médicos em uma unidade de saúde local.

Em reação ao vídeo, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse ter recomendado o imediato afastamento do policial militar flagrado. “Apesar dela ter resistido a prisão por tráfico de drogas, existe protocolo a ser cumprido e as imagens indicam conduta totalmente inadequada do policial”, escreveu o governador, que comanda a força policial no Estado.

Ele destacou que a corporação instaurou um inquérito policial militar para apurar o caso. “Ressalto meu respeito à Polícia Militar do Estado de SP, a melhor do BR, mas não deixarei de condenar excessos e violência desnecessária”, declarou Doria.

Uma testemunha afirmou que a mulher foi agredida porque o PM desconfiou que ela estivesse filmando uma abordagem a um suspeito de tráfico de drogas. O ato de filmar uma abordagem policial, contudo, não infringe nenhuma lei. 

As informações são do O Dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais posts de Brasil

E-mail: Jornal Liberdade,