Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

junho 17, 2021

Foto: Flávio Santana Araújo/Polícia Civil de Pernambuco/Divulgação

Polícia Civil prende 25 em operação contra suspeitos de homicídio, tortura e tráfico de drogas


A Polícia Civil prendeu ao menos 25 pessoas suspeitas de envolvimento em crimes como tráfico de drogas, homicídio e tortura, na quinta-feira (22/10), dentro da Operação Toca. Ao todo, foram emitidos 44 mandados de prisão preventiva pela Vara Criminal de Ipojuca, no Grande Recife, sendo 15 para alvos que já estavam em presídios.

Anúncios

Também foram emitidos 27 mandados de busca e apreensão domiciliar, que contou com apoio de cães farejadores durante o cumprimento. Até as 9h50, quatro alvos de mandados de prisão ainda não haviam sido localizados, segundo a Polícia Civil.

Os presos e materiais apreendidos foram encaminhados para o Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), no Recife. No local, a informação era de que cerca de 20 mandados tinham sido cumpridos até as 7h.

As investigações que resultaram na operação desta quinta foram iniciadas em janeiro de 2020, comandadas pelo delegado Ney Luiz Rodrigues e com apoio da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil (Dintel) e do Comando de Operações e Recursos Especiais (Core).

Ao todo foram escalados 200 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães para a operação Toca. Os detalhes da ação devem ser divulgados em coletiva de imprensa no Recife, ainda na quinta-feira (22/10), segundo a assessoria de comunicação da Polícia Civil.

Homicídios em Pernambuco

Em setembro deste ano, Pernambuco registrou 288 casos de homicídios, seis a mais do que o mesmo período do ano passado. De acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS), apesar do aumento houve redução de assassinatos registrados em três das quatro regiões do estado.

As informações são do G1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mais posts de Brasil

E-mail: Jornal Liberdade,