Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

julho 27, 2021

© Reprodução / Twitter

Mourão e ministros sobrevoam Amazônia com diplomatas de vários países


Ao lado de diplomatas de vários países, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, sobrevoou áreas da Amazônia na quarta-feira, (4/11). A vice-presidência da República diz que a iniciativa tem por objetivo mostrar à comunidade nacional e internacional que a Amazônia brasileira continua preservada e “que sua complexidade ambiental e humana não permite um entendimento genérico da região”.

Anúncios
Booking.com

O sobrevoo faz parte da programação da missão, liderada pelo vice-presidente Hamilton Mourão, por meio do Conselho Nacional da Amazônia Legal. Os diplomatas irão visitar as cidades de Manaus, São Gabriel da Cachoeira e Maturacá, no Amazonas, até o dia 6 de novembro.

Em nota, Tereza Cristina reforçou a diversidade do bioma, que reúne 22 tipos de vegetação, e que tem 80% de sua área preservada. “Agora, temos que restabelecer a verdade. A verdade é que nós temos um território enorme, que a Amazônia está preservada”.

Uma das iniciativas a serem mostradas aos estrangeiros é o Projeto Integrado de Colonização (PIC) Bela Vista, coordenado pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), e que será apresentado pela ministra na quinta-feira (5/11). Localizado em Manaus, o projeto abriga famílias assentadas em uma área de aproximadamente 785 mil hectares, ocupada desde 1971. “Atualmente, dos 1.311 lotes georreferenciados, 446 já receberam o título definitivo, sendo 97% constituídos por pequenas propriedades (inferiores a 400 hectares).”

Segundo o vice-presidente Hamilton Mourão, “todos estão curiosos em conhecer as ações do Estado brasileiro na integração, proteção e desenvolvimento da nossa Amazônia”.

Está prevista a participação dos seguintes chefes de missões diplomáticas: África do Sul, Espanha, Peru, Colômbia, Canadá, Suécia, Alemanha, Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA), União Europeia, Reino Unido, França e Portugal.

As informações são do Estadão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mais posts de Brasil

E-mail: Jornal Liberdade,