Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

CÂMBIO: Dólar Comercial R$ 5,52 / Euro R$ 6,44

setembro 25, 2020

Nelson Jr./SCO/STF - 25/09/201

Marco Aurélio e Marcelo Odebrecht desmentem Toffoli


Se Dias Toffoli queria lacrar, se deu mal. Em entrevista na segunda-feira (16/12), o ministro do STF soltou, entre outros petardos, que “a Lava Jato destruiu empresas, o que jamais aconteceria nos Estados Unidos, por exemplo”. Em menos de 24 horas, foi desmentido por Marcelo Odebrecht e desautorizado por um colega do Supremo.

As declarações do empresário dados ao O Globo são esclarecedoras: “não soubemos conduzir o processo da Lava-Jato; a Odebrecht quebrou por manipulações internas, não apenas pela Lava-Jato”.

Não bastasse, diz que a empresa “hoje estaria viva” se não tivesse perdido entre US$ 5 bilhões a US$ 10 bilhões por conta de acordo mal feito tudo indica, traíragem de diretores da empreiteira com a Justiça dos EUA.

Já o ministro Marco Aurélio Mello, data vênia, deu um chega pra lá em Toffoli. Afirmou que não só a Lava-Jato não destruiu empresas, como a operação gera “confiança’, “segurança” e representa “um marco civilizatório”, um avanço para o país.

O que falta é gente para apoiar as declarações de Toffoli. O que não surpreende, já que recente pesquisa DataFolha aponta que 81% da população apoia a Operação. Nessa, o Excelentíssimo é voto vencido.

Quem sabe Gilmar Mendes apareça em seu socorro. A disputa entre os dois juízes tem sido acirrada. A opinião pública tem opinião formada sobre a Lava-jato, mas não sabe como decidir que juiz do STF é o mais rejeitado.

As informações são do R7.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais posts de Brasil

E-mail: Joshua Silva,