© Reprodução

Jornalista cobre acidente e descobre que filho é a vítima mortal


Era apenas mais um dia de trabalho para Carlos Alberto Baldassari, jornalista de Araraquara, interior de São Paulo, que, esta quarta-feira (8), cobria um acidente entre um camião e um carro. Ao aproximar-se do local da colisão, descobriu que o filho, Thiago Cequeto Baldassari, de 31 anos, era a vítima mortal.

O jornalista, que estava ao vivo no Facebook, interrompeu a transmissão que, momentos depois, foi retomada, revelando a identidade da vítima.

“Vida de repórter é isso. Muitas pessoas talvez não entenderão o momento que estamos vivendo aqui na estrada. Ali está o carro que se envolveu no acidente. O corpo já foi retirado, por isso eu estou mostrando. […] E segurem-se agora, porque eu vou dizer quem é o condutor do veículo que perdeu a vida: é meu filho, o Thiago, que fazia comigo todos os dias a apresentação dos programas. Esta manhã, viemos cobrir o acidente e, quando cheguei, era meu filho”, confessou.

Além dos pais, Thiago deixa a esposa, grávida de três meses, e uma filha com 8 anos, informou o ‘G1’.

“Infelizmente, neste mundo em que vivemos da reportagem, há momentos em que vamos cobrir ocorrências que envolvem familiares. Infelizmente, hoje, é o meu filho. Perdemos o Thiago. Que Deus o receba de braços abertos. É um menino bom, de bom coração”, complementou.

“Vai em paz meu filho, que Deus o receba de braços abertos. Estarei sempre contigo, ‘Ti'”, escreveu Carlos, na mesma rede social, numa publicação acompanhada por uma fotografia do filho.

Segundo o ‘G1’, o camião bateu de frente contra o veículo onde Thiago seguia, que morreu no local. O caminhoneiro relatou às autoridades que o carro invadiu a faixa, provocando o acidente.

Com a faixa cortada e o trânsito condicionado, um outro condutor acabou por embater contra a traseira de um camião. A vítima, que seguia de mota, foi assistida no local, encontrando-se em estado grave.

As informações são do Jornal Liberdade