Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

outubro 21, 2019

© Stephane Mahe / Reuters

Jane Fonda é presa por protestar contra mudanças climáticas


A atriz americana Jane Fonda, 81, foi presa na sexta-feira (11/10) por participar de um protesto contra as mudanças climáticas na escadaria do Capitólio, sede do Congresso americano, em Washington D.C.

O repórter Mike Valerio, do canal WUSA9, publicou em seu Twitter um vídeo da atriz, que está vestida com um sobretudo vermelho, sendo levada algemada por um policial. A detenção foi confirmada pela revista People. 

Antes do protesto, em entrevista ao jornal Washington Post, Fonda disse que se mudou recentemente para a capital americana com o objetivo de ser mais ativa na questão das mudanças climáticas. Ela contou também que pretende participar de outros protestos, pelas próximas 14 sextas-feiras.

“Vou pegar meu corpo, que é meio famoso e popular agora por causa da série ‘Gracie e Frankie’ [da Netflix], vou para D.C. e vou fazer uma manifestação toda sexta-feira”, disse ao jornal. Em seu site, Jane Fonda escreveu que se inspirou nos discursos da jovem ativista Greta Thunberg. 

“Eu me mudei para Washington, D.C. para estar mais perto do epicentro da luta pelo nosso clima. Toda sexta-feira até janeiro, liderarei manifestações semanais no Capitólio para exigir que as ações de nossos líderes políticos sejam tomadas para solucionar a emergência climática em que estamos inseridos. Não podemos esperar”, escreveu. 

Os protestos são chamados de Fire Drill Friday (Exercício de Fogo de Sexta-feira).

Em comunicado enviado à revista People, a diretora de comunicação da polícia do Capitólio, Eva Malecki disse que 16 pessoas foram presas por se manifestarem ilegalmente na frente do prédio. Ela disse também que todos são acusados de aglomeração, obstrução ou incômodo.

As informações são do Folhapress.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais posts de Brasil

E-mail: Jornal Liberdade,