Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

Câmbio: Dólar R$ 3,82/ Euro R$ 4,35

junho 25, 2019

© Vitor Fernandes

Águas do Rio Poti já invadem ruas da zona Norte de Teresina (PI)


As fortes chuvas e a rápida elevação do nível dos rios em Teresina tem sido motivo de preocupação dos moradores da capital. A Defesa Municipal na sexta-feira (5/4), emitiu o alerta para as comunidades ribeirinhas e moradores das áreas mais baixas da cidade.

Segundo a Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM), o Rio Poti já ultrapassou seu Nível de Atenção. E a previsão é de que ocorram mais chuvas nos próximos dias, o que pode chegar ao Nível de Inundação. Já o Rio Parnaíba também tem elevado o seu nível de água, e mesmo longe da Cota de Inundação, que é 7 metros, também chama atenção das autoridades. 

No sábado (6/4), em entrevista ao Viagora, o subtenente Pimentel do Corpo de Bombeiros ressaltou o risco de inundação e disse que em alguns trechos da cidade a água começa a avançar..

Apesar do alerta, o Corpo de Bombeiros informou que no momento a situação encontra-se estável e que até segunda-feira (8) equipes estão de prontidão e alerta para qualquer caso de emergência em relação as enchentes na capital.

Reforço

A Secretaria Estadual da Segurança Pública informou que o Corpo de Bombeiros Militar do Piauí e mais 200 alunos do Curso de Formação de Sargentos da Polícia Militar do Piauí irão trabalhar nas operações de urgência contra as enchentes nas áreas consideradas críticas em Teresina.

Àguas do Rio Poti alaga restaurante Pesqueirinho

Àguas do Rio Poti alaga restaurante Pesqueirinho © Vitor Fernandes

“A Curva São Paulo tem o nível baixo e a água já conseguiu invadir a alagar dentro das barracas, na Zona Norte no bairro Poty Velho o restaurante Pesqueirinho também já está em processo de alagamento”, revelou.

Ainda segundo o Corpo de Bombeiros, outro trecho preocupante é embaixo da Ponte Wall Ferraz onde a água já transbordou e está chegando próximo a residências. “Embaixo da ponte a água já está chegando perto de duas casas. A prefeitura está negociando a retirada das famílias que se recusam a sair do local por enquanto. Tem também o bairro Risoleta Neves e Àgua Mineral onde água está bem próxima as residências, já está em alguns trechos, é cerca de 20 metros para atingir as casas”, disse Pimentel.

Com informações de Dani Sá / Viagora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais posts de Brasil

E-mail: Jornal Liberdade,