Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

outubro 16, 2021

© Reprodução

Incêndio atinge sede do Tribunal de Justiça do Ceará


Um incêndio atingiu, na manhã desta segunda-feira (6), a sede do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), no Bairro Cambeba, em Fortaleza. De acordo com o Corpo de Bombeiros, as chamas iniciaram por volta das 4h no almoxarifado do órgão.

Equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar estão no local. Segundo o Tribunal de Justiça, ninguém ficou ferido. Sessenta homens dos bombeiros tentam controlar as chamas para que não atinjam outros locais no Centro Administrativo.

A fumaça pôde ser vista por moradores em vários pontos da cidade. As causas do incêndio são investigadas pelo Corpo de Bombeiros.

O Tribunal de Justiça do Ceará fica no centro administrativo do Cambeba, que abriga várias secretarias estaduais e órgãos públicos. Conforme testemunhas, o fogo que se iniciou na sede do poder judiciário atingiu também prédios vizinhos.

Os servidores públicos que chegam ao local são orientados pelos bombeiros a voltarem para casa, exceto os que trabalham na Secretaria da Educação e no Ministério Público, cujos edifícios ficam afastados do Tribunal de Justiça.

O Tribunal de Justiça do Ceará também orientou que os servidores não devem ir ao local nesta segunda-feira.

O Governo do Estado afirmou que a previsão inicial é de que o expediente seja retomado às 13h30 desta segunda, caso as chamas sejam controladas pela manhã, exceto no Tribunal de Justiça. Os servidores da Justiça cumprirão as atividades na modalidade teletrabalho (home office).

No momento em que começou o incêndio, por volta das 4h, apenas profissionais que atuam na segurança do centro administrativo estavam no local. Eles comunicaram sobre o incêndio ao Corpo de Bombeiros e deixaram o lugar quando o fogo ficou mais intenso.

No momento, cerca de 60 agentes do Corpo de Bombeiros atuam no controle do incêndio.

Com informações do G1 CE.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mais posts de Brasil

E-mail: Jornal Liberdade,