Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

novembro 17, 2018

© Pixabay

Como evitar ‘cheiro de molhado’ após andar na chuva com seu cachorro


Cuidados simples com a pelagem podem evitar aquele cheirinho de cachorro molhado após um passeio na chuva ou uma brincadeira com água.

A principal medida é secar bem o animal e, assim, evitar alergias e fungos. O pelo úmido pode causar infecções que causam cheiro ruim, afirma William Galharde, gerente de estética da Petz.

“Procure secar bem, com uma toalha limpa, principalmente as patinhas e dobrinhas, e depois, caso necessário, usar o secador numa temperatura morna”, diz.

Não é indicado deixar o cãozinho secando sozinho ao sol, mesmo em dias quentes.

Escovar o pelo ajuda a ativar a circulação e a diminuir o mau cheiro. Mesmo animais com pelagem curta devem ser escovados diariamente.

Assim como o bichinho, seu também deve ser mantido sempre bem limpinho e sequinho. Conforme o groomer, a “roupa de cama” deve ser trocada toda semana.

BANHOS

O banho é importante para manter o pet saudável e cheiroso. Segundo Galharde, no verão, é recomendado uma vez por semana e sempre devem ser usados produtos próprios para os animais.

O ouvido deve ser protegido com algodão para que não molhe ­evitando, assim, otites­, e a temperatura da água deve ser amena.

O banho de água doce é fundamental após o bichinho brincar na piscina ou na praia. Todo o resíduo de sal, areia ou cloro deve ser retirado. Com informações da Folhapress. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais posts de Saúde

E-mail: Jornal Liberdade,