Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

Câmbio: Dólar R$ 3,78 / Euro R$ 4,30

março 20, 2019

© Reprodução

Major da Polícia Militar é morto a tiros em Nova Iguaçu, Rio


Um major da Polícia Militar foi morto a tiros, na manhã desta terça-feira, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O crime ocorreu na Avenida Pensilvânia, no bairro Jardim Esplanada. Alan de Luna Freire, do Serviço Reservado (P-2) do 17º BPM (Ilha do Governador), havia acabado de sair de casa e estava em seu carro quando bandidos atiraram contra ele.

 

Os criminosos, encapuzados e com fuzis, estavam num Corolla prata e, após atirarem contra o veículos do major, fugiram. Na porta do carro de Luna é possível ver as marcas de pelo menos 24 disparos. Os tiros foram agrupados, todos perto da maçaneta da porta do motorista.

Uma equipe da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) foi acionada para o local do crime para fazer uma perícia. A esposa do policial foi até o local do assassinato do marido e pasou mal. Ela precisou receber atendimento médico. As informações São do Jornal Extra.

Operação para prender traficante mais antigo em atividade no Rio

De acordo com informações de colegas de farda do major Luna, ele participou de uma operação no início deste mês, realizada em conjunto com a Polícia Civil, no Morro do Dendê, na Ilha do Governador, na Zona Norte do Rio, em que foram mortos dois cúmplices de Fernando Gomes de Freitas, o Fernandinho Guarabu, de 39 anos, traficante mais antigo no poder do Rio.

Guarabu atua no Dendê e em outras comunidades da Ilha do Governador. Ainda segundo policiais militares que conheciam o oficial, durante a operação Luna teria chegado perto de prender o traficante.

Em maio deste ano, o oficial foi homenageado na Câmara Municipal do Rio com uma moção de louvor e aplausos, assinada pela vereadora Tânia Bastos (PRB).

PM lamenta a morte

Em nota, a Polícia Militar lamentou a morte do agente. De acordo com a corporação, Luna estava na PM havia 17 anos. Além da esposa, ele deixa um filho de 3 anos. O oficial foi o 87º policial militar morto no Estado do Rio somente este ano.

“A Polícia Militar lamenta a morte do Major Alan de Luna Freire, lotado no 17º BPM (Ilha), ocorrida na manhã de terça-feira (27/11). O oficial dirigia seu veículo próximo de sua residência, em Nova Iguaçu, quando criminosos encapuzados e portando fuzis, em um Toyota Corolla de cor prata, efetuaram diversos disparos. Ele foi atingido e não resistiu aos ferimentos.

O Major Luna, tinha 40 anos, estava na Corporação há 17 anos, deixa esposa e um filho de três anos. Ainda não há informações sobre o sepultamento. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) investiga o caso”.

Da redação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais posts de Polícia

E-mail: Jornal Liberdade,