Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

Câmbio: Dólar R$ 3,734 – Euro R$ 4,323

outubro 16, 2018

(Foto: Reprodução/Piauí TV 1ª Edição )

População relata constantes acidentes em ponte de madeira em Parnaíba-PI


Moradores da cidade de Parnaíba, Litoral do Piauí, relatam ter medo ao transitar por uma ponte de madeira que liga os bairros Tabuleiro e São Vicente de Paula. Segundo a população, acidentes são frequentes e há relatos de que já houve mortes no local. A Prefeitura de Parnaíba informou que foi feito o pedido da construção de uma nova ponte de concreto e o Governo do Estado disse que aguarda recursos.

No domingo (13), um motociclista foi levado ao hospital depois de perder o controle da moto no desnível da ponte e cair. A ponte é o único meio que dá acesso aos dois bairros e, por dia, milhares de pessoas trafegam de carro, de moto, bicicletas e até de carroça.

Revoltados com a falta de uma ponte de concreto, os moradores da região atearam fogo na ponte de madeira há um ano, para chamar a atenção dos governantes, mas o protesto não teve êxito. As águas das chuvas que caíram nos últimos meses acumularam-se com o Rio São José e ocasionaram o desgaste da madeira que sustenta a ponte.

O local também é rota para transportes coletivos. Segundo o presidente da Associação de Moradores do bairro Tabuleiro, José Mário, tanto a Prefeitura quanto o Governo do Estado já haviam prometido uma ponte de concreto.

“As promessas são inúmeras. O governador do estado já prometeu essa ponte, vai fazer dois anos que ele prometeu. A gente sabe que a obra é de competência do município, mas com somente os recursos do município é difícil” disse José Mario.

A prefeitura de Parnaíba informou em nota que já foi solicitado ao Governo do Estado um empenho na construção de uma nova ponte e que reforçará o pedido. A Secretaria de Estado de Transportes do Piauí comunicou que a obra está sob responsabilidade do próprio órgão e que devido à escassez de recursos, está buscando alternativas viáveis e mais acessíveis para o projeto. Da redação, com informações G1 PI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais posts de Brasil

E-mail: Jornal Liberdade,