Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

agosto 18, 2018

© Ascom

Piauí: Professores estaduais em greve farão nova assembleia no dia 13


Os trabalhadores da rede estadual de educação decidiram por retomar a greve a partir do dia (07) e permanecer no movimento por tempo indeterminado. Eles reivindicam que o governo pague o reajuste que foi acordado na justiça. Na próxima quarta-feira (13) acontecerá nova Assembleia da categoria às 8h30 no Teatro de Arena, na Praça da Bandeira.

A categoria afirma que foi acordado judicialmente o reajuste de 6,81% para os professores (ativos, aposentados e pensionistas) e, para os funcionários de escola, o reajuste de 3,15% referente ao ano de 2017 e 3,95% referente ao ano de 2018. O Acordo foi assinado pelo Sinte-PI, representantes do governo do estado, OAB e Ministério Público.

Paulina Almeida, presidente do Sinte-PI, disse que “o Governo desrespeitou não só a categoria mas toda a sociedade”. Ele informa que “a greve só será finalizada após o pagamento do reajuste na conta dos trabalhadores.

“Sabemos que não será fácil, mas seremos penalizados se não fizermos este movimento. Queremos nosso reajuste e melhores condições de trabalho”, disse a professora.

Participaram da assembleia servidores ativos, aposentados e alunos de algumas escolas da capital. Professores e alunos reclamaram da falta de lanche e almoço para escolas de tempo integral, dos espaços degradados e o desvalorização dos aposentados.

A representante dos estudantes do ensino Médio da escola Liceu Piauiense, Eduarda, posicionou-se a favor do ato grevista. “Os professores tentaram o acordo no começo do ano, eles voltaram por acreditarem que o Governo cumpriria seu papel. Estou aqui junto aos outros alunos porque acredito que o professor deva receber o que é seu por direito”, disse. Da redação, com informações Vitor Fernandes do viagora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais posts de Brasil

E-mail: Jornal Liberdade,