Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

Maio 21, 2018

Hospital São Paulo (Foto: Reprodução)

Piauí: Médico do Hospital São Paulo nega atendimento a criança doente


O Hospital São Paulo, localizado no bairro de Fátima, zona Leste de Teresina foi alvo de uma denúncia, após um médico de plantão do hospital supostamente se negar a atender uma criança doente.

O denunciante relatou ao Viagora que levou o filho doente, na tarde do dia 12 de maio deste ano, ao hospital e o médico se recusou a atender a criança, que estava com 40° de febre. A família chegou ao hospital às 17h20 e conseguiu falar com o médico somente por volta das 20h.

Segundo os pais da criança, após chegarem no hospital, fizerem a retirada da senha e preencherem a ficha, foi constatado que só existia um médico pediatra realizando atendimento e cinco crianças aguardando para entrar no consultório. Depois de quase duas horas de espera, o atendimento foi suspenso devido a troca de plantão.

“Ás 19h30 o novo médico do plantão não chamou mais ninguém conforme painel do hospital. Não satisfeito, fomos ao consultório verificar o que tinha acontecido, e nos deparamos com o médico de nome Emir Nunes Piauilino sentado à sua mesa olhando seu celular e afirmando que estava resolvendo alguns problemas”, relatou a família.

Passados 30 minutos os familiares retornaram ao consultório e encontraram a sala vazia. Quando o médico chegou ao consultório expulsou a família e a criança, que estava chorando devido a febre alta.

“Ele começou dizendo que não ia atender mais ninguém e se fosse atender, era na hora que ele quisesse. No mesmo instante afirmamos que ele ia sim atender e que não íamos sair do consultório sem atendimento. Diante de nossa insistência e recusa, ele pediu para a administração chamar a polícia para sermos retirados, que não ia atender e pronto”, relatou o pai da criança.

Os pais relataram que irão tomar as providências legais cabíveis, através de uma ação indenizatória. Eles também afirmaram que irão acionar o Conselho Regional de Medicina do Piauí, para que tome providências a respeito da conduta do médico Emir Nunes Piauilino, que segundo eles agiu ” de forma grosseira e com total desrespeito às normas médicas”.

Outro lado

A reportagem entrou em contato a direção do hospital São Paulo. O diretor Lúcio ( se negou a informar o sobrenome) relatou que não tomou conhecimento a respeito do fato e que o hospital irá averiguar a denúncia. Da redação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais posts de Brasil

E-mail: Jornal Liberdade,