Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

novembro 17, 2018

© Reprodução

Parte de viaduto desaba próximo à Galeria dos Estados em Brasília


Parte do Eixão Sul desabou próximo à Galeria dos Estados no fim da manhã de terça-feira (6). Duas das três vias que seguem no sentido sul despencaram. O Eixão Sul teve o trânsito interrompido nos dois sentidos. Por volta das 13h, o Corpo de Bombeiros descartou a possibilidade de vítimas no local. “Três cães fizeram toda a varredura da área, não só dos carros como da parte que foi soterrada, e não identificamos nenhuma possibilidade de vítima no local”, informou a major do Corpo de Bombeiros Lorena Ataides.

No local funciona o Restaurante Floresta, que ficou com as mesas destruídas. Ao menos quatro carros ficaram presos sob o viaduto, dois deles totalmente destruídos. De acordo com a Defesa Civil, outras partes do viaduto estão comprometidas. Sob o via que caiu, há grande fluxo de carros, que passam pela viaduto para acessar o Setor Comercial Sul e o Setor Bancário Sul.

Por volta das 12h20, o governador Rodrigo Rollemberg chegou ao local e informou que acionou o ‘Plano de Catástrofe’. Quatro unidades do Corpo de Bombeiros foram encaminhadas ao local, sendo uma unidade de suporte básico, uma unidade de suporte intermediária, uma dupla de motoambulâncias e um caminhão de múltiplas vítimas estão no local. Em caso de vítimas, o Hran e o Hospital de Base estão à postos para recebê-las.

“As informações iniciais apontam que não há vítimas, e isso é o mais importante neste momento. Agora vamos ver o que é necessário para recuperar esta área. São viadutos antigos. Desde o começo do governo, fizemos manutenção em oito viadutos, e, infelizmente, este não recebeu”, disse o chefe do Executivo.

Aproximadamente 40 bombeiros, 11 viaturas e uma aeronave atual no incidente. A equipe de busca e resgate com cães fez uma vistoria preliminar e não encontrou vítimas. Uma nova busca, porém, será realizada para confirmar. Além dos bombeiros, a Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos, a Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil, a Polícia Militar (PMDF), a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF) mantêm equipes nos arredores.

Ministérios recomendaram aos funcionários encerrar os expedientes, a fim de evitar congestionamento. Os órgãos, no entanto, frisaram que a medida não visa gerar pânico ou alarde entre os servidores. Da redação, com informações jornal de Brasília.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais posts de Brasil

E-mail: Jornal Liberdade,