Go to ...

Jornal Liberdade

Últimas notícias do Brasil e do mundo

RSS Feed

abril 21, 2019

© Reprodução/TV Mirante

Corpo das vítimas de acidente de ônibus em Goiás são enterrados no Maranhão


Duas vítimas do acidente com um ônibus clandestino que saiu do Maranhão com destino a São Paulo, foram enterradas na quinta-feira (31/01) em São Mateus do Maranhão, a 180 km de São Luís. Ana Lúcia e Carleilton morreram na madrugada de domingo (27) quando o ônibus em que eles viajavam caiu de um viaduto em Goiânia.

O corpo de Ana Lúcia dos Santos Silva, de 38 anos, foi enterrado na manhã de quinta-feira (31/01). Ela era natural de São Mateus, mas morava há dois anos em Jacareí, no interior de São Paulo e voltou a terra natal para apresentar o filho mais novo à família.

Segundo o Corpo de Bombeiro de Goiás, Ana Lúcia morreu abraçada ao filho, um bebê de seis meses que agora está internado em um hospital de Brasília com a perna quebrada. A irmã de vítima, Ana Paula dos Santos Silva, explica que a criança está com problemas além da perna quebrada.

“Ele está com uma infecção no bumbum por causa do ferimento e nós estamos precisando da ajuda porque o médico pediu para gente transferir ele para um hospital particular para o tratamento ser mais rápido, porque a infecção é muito delicada, é grave e nós estamos pedindo ajuda”, explicou.

A família de Carleilton Mendes da Conceição, outra vítima do acidente, decidiu fazer o enterro somente às 4 horas da tarde. No momento da chegada do corpo, no final da tarde de quarta-feira (30), os moradores se mobilizaram com a dor da família.

O pai de Carleiton, Francisco Edivaldo da Conceição, relembra que o filho viajou na esperança de melhorar a vida. “Ele falava muito de trabalhar. A gente fica sem palavras, não tem nem explicação porque o filho sempre fica no coração do pai e da mãe”, contou.

Mais de 40 pessoas ficaram feridas durante o acidente que está sendo investigado pela Polícia Civil de Goiás. De acordo com a polícia, o ônibus clandestino era muito antigo e cheio de irregularidades.

Da redação. Com informações do G1 MA — São Luís

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais posts de Brasil

E-mail: Jornal Liberdade,